Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2017

Delação premiada

Aqui há uns anos, a Dra. Manuela Ferreira Leite, a propósito de uma crise política, sugeriu  que o ideal seria suspender a democracia por seis meses. Eu confesso que achei piada à sugestão. Piada mesmo, daquelas piadas absurdas com que os humoristas nos fazem rir.

A minha quase obsessão por corrigir o que não funciona, parar imediatamente com procedimentos que já provaram não funcionar, fazer experiências até encontrar a melhor solução de funcionamento fizeram-me compreender aquele desabafo e rir perante o absurdo e o ridículo da proposta.

A delação premiada, que pelos vistos está em discussão no nosso país, é igual. Em teoria, a proposta era boa. Num instantinho se prendia a bandidagem toda, independentemente da cor do colarinho.

Mas, compreendam, a ideia é tão absurda e ridícula como a de suspender a democracia. Há limites que não se podem ignorar e muito menos ultrapassar. Eu não quero viver - e muito menos que os meus filhos vivam - numa sociedade que incentiva a denúncia fácil, c…

A trabalhar para o mesmo objectivo

Imagem

Diferentes, mas diferentes.

A vitória de Marine Le Pen

Imagem
Já ontem tive esta sensação. Ela fez tudo o que podia para chegar à segunda volta, e depois fez tudo o que podia para não ganhar.

Não lhe interessa governar, porque ela não é pessoa de fazer, de concretizar, de tomar decisões e arcar com responsabilidades. É pessoa de dificultar, de criar obstáculos, de influenciar e manipular,  como ela própria disse tão bem ontem à noite: o movimento que lidera é agora "the leading opposition force against the new president's plans". Por isso celebra, porque atingiu plenamente os seus objectivos.

Vai criar um novo partido por duas razões: 1) porque na FN estão fartos de morrer na praia e já não a aturam; 2) porque corre o risco de vir a ser eleita se não quebrar o ciclo de crescimento do partido. Leva os ignorantes que se deixam governar pelo medo com ela e vai continuar a ser a pedra no sapato da França e da Europa, acicatando ódios e intolerâncias.

Não vai passar disto, mas isto já é mais do que preocupante, dada a facilidade que teve …